Referências
Revestimento de superfícies
| Sistemas de intralogística América do Sul AtualidadesCentro de imprensa Novidades

Solda, pintura e montagem final de vagões e trailers em uma única linha

A fabricante brasileira Randon recentemente instalou, no estado de São Paulo, uma linha combinada de solda, pintura e montagem final de vagões ferroviários e implementos rodoviários, de mais de 500 m de comprimento. De maneira a atender aos tempos de ciclo individualizados a Vollert desenvolveu um conceito de fluxo para matérias pesados composto por 13 transportadores de tração por cabo, duas plataformas de transferência distribuidoras e todo o sistema de controle.

ler relatório completo
| Sistemas de intralogística Europa AtualidadesCentro de imprensaReferências Novidades

Plantas de pintura de grande porte através de soluções não convencionais

Tanto para a LEWA, fabricante especializado de bombas, quanto para a HAMM, fabricante de rolos compactadores para construção de rodovias e terraplenagem, a Vollert desenvolveu e instalou novos sistemas de transporte sobre piso e aéreo para a pintura de peças de até 12 toneladas. Enquanto na HAMM são críticos os tempos elevados de ciclo, na LEWA circulam pela primeira vez grandes peças pesando várias toneladas, que são transportadas por curvas de 90° nas extremidades, permitindo assim um layout de planta extremamente compacto.

ler relatório completo
| Sistemas de intralogística Europa AtualidadesCentro de imprensaReferências Novidades

Cuidado, transporte pesado!

Em Luxemburgo, na planta de pintura da Faymonville, fabricante de semirreboques baixos, levitam sem uso de corredores, peças com até 12 toneladas. O conceito do fluxo de materiais também provém de um especialista em cargas pesadas, da Vollert de Weinsberg. O sistema de controle permite a movimentação das peças em modo automático como também no modo manual. Rodas de atrito permitem um layout em menor espaço.

ler relatório completo
| Sistemas de intralogística Europa AtualidadesCentro de imprensaReferências Novidades

Próxima parada: Central de pintura

Na nova central de superfícies da Siemens AG Áustria, vagões de metrô e de trens de passageiros são conduzidos automaticamente por um sistema de transporte central para as respectivas cabines de tratamento superficial. A plataforma de transferência permite um arranjo especialmente flexível das estações de processamento individuais e oferece máxima segurança para a passagem de pessoas.

ler relatório completo
| Sistemas de intralogística Ásia AtualidadesCentro de imprensaReferências Novidades

Vollert fabrica veículos de transferência de vagões para o revestimento de 13.000 vagões de carga por ano

A Tikhvin Railway Car Building Plant (TVSZ) constrói atualmente em Tikhvin na Rússia uma fábrica ultramoderna para a produção de vagões de carga abertos e cobertos. Vollert Anlagenbau de Weinsberg é responsável pela produção de quatro veículos de transferência com capacidades de carga entre 70 e 100 toneladas. Um enclausuramento aquecido dos veículos de transferência fornece uma óptima proteção contra as intempéries.

ler relatório completo
| Sistemas de intralogística Europa AtualidadesCentro de imprensaReferências Novidades

Rodas de atrito colocam em movimento grandes redutores

Especialista em automação de acionamentos, a SEW-EURODRIVE em Bruchsal, aposta para sua linha de pintura de seus grandes redutores pesando até 3,5 toneladas num sistema de fluxo de materiais simples, mas altamente flexível da Vollert Anlagenbau. O sistema combina as vantagens dos sistemas Power&Free e demanda significativamente menos componentes. Mesmo assim também são possíveis elevados tempos de ciclo.

ler relatório completo
| Sistemas de intralogística Europa AtualidadesCentro de imprensaReferências Novidades

Pintura de um gigante amarelo flutuante

Liebherr trilha novos caminhos com sua nova planta de pintura de grandes peças para escavadeiras hidráulicas: As peças com até vinte toneladas percorrem a planta, suspensas em uma pista elevada. Uma solução especial de acionamento garante a ótima proteção contra explosão nas cabinas de pintura e secagem.

ler relatório completo
| Sistemas de intralogística Europa AtualidadesCentro de imprensaReferências Novidades

Movimentar e pintar grandes peças de forma eficiente

F. X. Meiller Fahrzeug- & Maschinenfabrik opera desde o início de julho novos equipamentos para o revestimento de grandes peças. Duas linhas de pintura paralelas com um comprimento de 70 metros podem acomodar 14 estações. Os itinerários permitem a circulação simultânea de 12 peças com ate 8 toneladas . A tração é provida por dois sistemas transportadores de corrente da Vollert.

ler relatório completo
| Sistemas de intralogística Europa AtualidadesCentro de imprensaReferências Novidades

Forno para equipamentos da construção

Na Wirtgen GmbH, em Windhagen, líder mundial no mercado de máquinas de fresagem frias para a construção de estradas, são revestidas peças de até 30 toneladas, livremente suspensas. A estrutura em aço dos fornos quentes a 230 °C, é totalmente separada da estrutura em aço do transportador, pelas perdas de energia. Isto é possível graças a uma tecnologia de acionamento especial. Ela também permite até para as cargas mais pesadas uma superação de vãos de 70 cm, sendo livre de desgaste e a prova de explosão. O sistema foi desenvolvido na Vollert Anlagenbau de Weinsberg.

ler relatório completo
| Sistemas de intralogística Europa AtualidadesCentro de imprensaReferências Novidades

Pintar 50 toneladas sem o uso de corredores e a prova de explosão

Com uma nova planta de pintura, Liebherr estabelece novos padrões na fabricação de veículos comerciais. Na planta de Ehingen serão pintadas futuramente peças suspendidas de guindastes móveis e gruas de lagartas, com um peso de 50 toneladas. A Intralogística para isto é desenvolvida pela Vollert Anlagenbau de Weinsberg. Também Wirtgen e SEW-EURODRIVE apostam nesta nova tecnologia.

ler relatório completo