Referenz Uciechowski 2018 2
| Produção de concreto pré-moldado Europa Centro de imprensaReferênciasAtualidades Novidades

Pré-produção industrial de vigotas para lajes TERIVA e pré-lajes na Polônia

O fabricante polonês de materiais de construção Uciechowski produzirá lajotas para lajes no sistema construtivo TERIVA, bem como pré-lajes, em escala industrial. Anteriormente a fabricação era completamente estacionária, agora se investe na mais moderna tecnologia de plantas da Vollert, especialista em sistemas de produção para pré-fabricados. 50 mesas de forma se deslocam por um sistema de circulação, que até agora era conhecido somente em modernas fábricas de concreto pré-moldado.

Referenz_Uciechowski_2018

Na Polônia, o sistema de construção TERIVA é muito popular. Habitações unifamiliares, bem como prédios multifuncionais de vários andares, ou shopping centers e universidades, estão sendo construídos com lajes nervuradas de concreto armado. As lajotas para lajes são colocadas diretamente sobre as paredes de alvenaria, os interstícios são complementados com tijolos vazados e a armadura e os elementos sobressalentes das pré-lajes são cobertos com o concreto no próprio canteiro de obras. Além do grande vão, são vantagens essenciais um menor peso próprio da laje e sua alta capacidade de carga. A fabricante de materiais de construção Uciechowski produz em Raszków, há várias décadas e com sucesso, elementos de concreto para clientes na região e em torno da cidade de Wielkopolskim, bem como para projetos de construção em toda a Polônia. "No entanto, com a pré-produção manual e um sistema de formas e moldes estacionário, não conseguimos atender à crescente demanda de nossos clientes. Foi através de um contato inicial com os especialistas em plantas para pré-fabricados da Vollert que surgiu a ideia de produzir industrialmente lajotas para lajes TERIVA em altas capacidades. Além disso, queríamos oferecer no futuro aos nossos clientes pré-lajes modernas", diz Robert Uciechowski, proprietário e diretor administrativo da renomada fabricante de materiais de construção, descrevendo a situação no início do planejamento no final de 2016.

50 mesas de circulação para respectivamente até 60 vigas para lajes TERIVA

"Transferimos o comprovado princípio de circulação Vollert de produção de peças maciças e semiacabadas para a fabricação de lajotas TERIVA", explica Daniel Krusche, Gerente de Projetos da Vollert. Para este propósito, foram preparados com antecedência 50 mesas de aço já existentes e reconstruídas para a próxima aplicação, bem como adquiridas unidades novas. Vantagem decisiva: em uma mesa de circulação (13,5 m x 2,70 m), podem ser produzidas simultaneamente várias lajotas de 120 mm de largura, o perfil lateral é montado de forma fixa. "Para este propósito, desenvolvemos especialmente o sistema de cofragem com um renomado fabricante de cofragens e o adaptamos ao sistema de circulação Vollert", explica Robert Uciechowski. As lajotas podem ser fabricadas com um comprimento de até é 8 m. Se assumirmos um comprimento standard de lajotas de 3 - 4 m, podemos produzir até 60 elementos simultaneamente". Para este propósito, primeiramente uma plotter grande SMART PLOT controlada por CAD-CAM registra com precisão os contornos, antes que os perfis de cofragem TERIVA sejam posicionados manualmente e as armaduras inseridas. Um distribuidor de concreto SMART CAST aplica o concreto fresco, com parafusos de descarga controlados individualmente, preenchendo cada câmara de forma otimizada. O concreto é compactado usando uma estação vibratória SMART COMPACT2 de baixa frequência, criando uma superfície lisa no concreto aparente. As câmaras de cura isoladas, aquecidas a gás, asseguram a cura controlada do concreto. As estantes elevadas de 17 andares são acessadas por meio de um transelevador VArio STORE guiado por piso e instalado centralmente. Uma travessa elevatória SMART LIFT ergue as lajotas TERIVA prontas para serem carregadas e as coloca nos dispositivos suporte em espera.

A limpeza da superfície das mesas também foi especialmente adaptada para a produção das lajotas TERIVA. O limpador de paletes VArio CLEAN possui duas variantes de escovas. Caso os perfis de cofragem permaneçam sobre a mesa para a próxima operação de circulação, uma escova rotativa especialmente concebida -como uma escova de dentes- limpará os interstícios e, ao mesmo tempo eliminará dos perfis as sujeiras e resíduos de concreto. Se, entretanto, os perfis de cofragem são desmontados novamente, uma escova de rolos desce após a limpeza bruta por meio de uma barra raspadora de aço e limpa toda a superfície, antes que seja aplicado o agente desmoldante.

O Vollert Control Center garante ótimos processos de produção

A tecnologia de máquinas automatizada garante um nível de qualidade consistentemente alto nas lajotas TERIVA. Crucial para a produtividade máxima do sistema, é também o Sistema de Controle da Produção VCC (Vollert Control Center), que gera a lista de planejamento de pedidos, otimiza a ocupação das mesas, determina a sequência de entradas e saídas do estoque e determina os tempos de cura e as operações de carregamento. As avaliações estatísticas da eficiência da planta estão disponíveis a qualquer momento. Impressão de etiquetas, planos de atribuição de mesas ou relatórios tornam o processo de produção transparente e simplificam o gerenciamento posterior da posição no depósito.

"Ambos os fatores, a tecnologia de máquinas e o controle inteligente da fábrica, foram os pilares para o start-up ideal do novo processo de produção em junho de 2018. Com a nova tecnologia de circulação conseguimos aumentar no curto prazo a capacidade de produção em 40%", diz Robert Uciechowski. "Em um próximo passo, planejamos iniciar a produção de pré-lajes. Foi estabelecida a base para um maior crescimento".

Mostrar PDF

Produktbild Referenz Uciechowski 2018 1
Produktbild Referenz Uciechowski 2018 2
Produktbild Referenz Uciechowski 2018 3
Produktbild Referenz Uciechowski 2018 4
Produktbild Referenz Uciechowski 2018 5